SOBRE O PROJETO DE PESQUISA
"JORGE LENZ CÉSAR MOTA,
fontes para o estudo de sua vida e obra"




Coordenador do Projeto: Prof. Dr. Marcel Mendes
Professor responsável: Prof. Dr. Jorge Luis Gutiérrez
Aluno de Pós-doutorado: Prof. Dr. Geraldo Oliveira

                                                                                           “O passado nunca está morto; nem sequer é passado”
                                                                                                                                                  (William Faulkner)

            A ideia de catalogar a documentação alusiva à vida e obra de Jorge Lenz Cesar Mota (1912-2001) teve sua origem na Aula Inaugural do Curso de Pós-Graduação em Ciências da Religião, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em 8 de agosto de 2017. Naquela ocasião, o Prof. Marcel Mendes, Diretor do Centro de Educação, Filosofia e Teologia (CEFT), fez uma breve apresentação do perfil desse instigante personagem – pastor, professor, escritor, poeta sacro – que, a despeito da vastidão da sua produção intelectual, parece ter sido totalmente olvidado pela historiografia brasileira, tanto de matriz “protestante” e “reformada”, como aquela elaborada pela intelligentsia acadêmica laica. O potencial de pesquisas, estudos e elaborações acadêmicas desse recorte temático parece ter ficado visível naquela oportunidade, ou melhor, apenas uma “pequena película da realidade”, para usar uma expressão cara a Edgar Morin.
            A resposta ao desafio lançado por ocasião da Aula Inaugural do Mestrado em Ciências da Religião da Universidade Presbiteriana Mackenzie, no segundo semestre de 2017, não se fez esperar. Tratava-se de dar início a uma exaustiva busca de textos e escritos de autoria de Jorge César Mota, e outros tantos versando sobre essa figura singular – sua vida e sua obra – com vistas à compilação de um acervo documental relativamente categorizado e exaustivo, que fosse além dos fragmentos, dos recortes, das partes avulsas. Esse trabalho acaba de ser empreendido com afinco e competência pelo Pós-Doutorando Geraldo Oliveira, sob a maestria e eficiente supervisão do Prof. Dr. Jorge Luis Gutiérrez. “As cisternas contêm; as fontes transbordam”, dizia o poeta inglês William Blake. Essa metáfora aplica-se diretamente à contruibuição desses pesquisadores da Universidade Presbiteriana Mackenzie que agora vêm colocar ao alcance do universo dos investigadores e estudiosos uma coletânea gigantesca de documentos, “fontes para o estudo da vida e obra” de Jorge Lenz César Mota.
            É provável que a partir desses acessos tornados mais simples e diretos, possa de alguma for ser preenchida essa rarefação historiográfica que vem incidindo sobre a memória do personagem aqui tornado visível, audível e mais próximo, para não dizer que, tal como o personagem bíblico, “depois de morto, ainda fala” (Hebreus 11.4). Não nos esqueçamos, contudo que “o passado nunca está morto; nem sequer é passado.” (William Faulkner).
           “Digam aos convidados que tudo está preparado para a festa. [...] Que venham à festa!” (Mateus 22.4).

                        Prof. Dr. Marcel Mendes.

 
ui...